Heloísa se diz "a única que pode derrotar a majestade barbuda"

A candidata do PSOL à Presidência da República, Heloísa Helena, disse na entrevista coletiva após o debate da TV Globo, nesta quinta-feira, 28, que sua candidatura "é a única que pode derrotar a majestade Barbuda do segundo turno", numa referência ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva.Sobre seu desempenho, ela afirmou que "se alguém queria baixaria, não é comigo não". Declarou-se "um poço de ternura e de fúria". "Eu sou uma fofinha, disse.Apesar de ser apontada muito atrás do candidato Geraldo Alckmin, que tem mais chance de enfrentar o presidente Lula, caso a eleição vá para o segundo turno, a candidata mostrou confiança, mas disse que não espera ter o apoio do candidato do PSDB. "Acho que vão ficar todos juntos", cantarolando em seguida a música "É o amor", gravada por Zezé de Camargo e Luciano.Ela voltou a fazer declarações contra o mercado financeiro dizendo que no seu governo, se eleita, os ministros e dirigentes do Banco Central não serão "moleques de recado do capital financeiro". "Meu Banco Central vai ser independente dos banqueiros e autônomo dos parasitas sem pátria", disse ironizando a defesa de que o mercado financeiro costuma fazer de um banco central independente do Governo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.