Henry Sobel é internado no Hospital Albert Einstein

O rabino Henry Isaac Sobel foi internado na madrugada desta sexta-feira, 30, no Hospital Albert Einstein, no Morumbi, na zona Sul de São Paulo. Segundo boletim médico divulgado no início desta tarde, ele foi internado "devido a episódio de transtorno de humor, representado por descontrole emocional e alteração de comportamento". Ainda segundo os médicos, Sobel estava sob tratamento com medicamentos. "Por insônia severa, vinha fazendo uso imoderado de hipnóticos diazepínicos, causadores potenciais de quadros de confusão mental e amnésia". O rabino permanece em observação clínica, sem previsão de alta.O boletim foi assinado pelos médicos doutor José Henrique Germann, superintende do hospital, e o doutor Flávio Huck, médico assistente. Na quinta-feira, 29, foi divulgado que Sobel, líder da comunidade judaica de São Paulo, foi preso na sexta-feira passada nos Estados Unidos por acusação de furto de gravatas numa loja Louis Vuitton de Palm Beach. Em um esclarecimento, ele afirmou que "jamais" teve a intenção de furtar qualquer objeto em sua vida. Após a divulgação de sua prisão, ele pediu afastamento da presidência do rabinato da Congregação Israelita Paulista (CIP). Texto alterado às 13h25 para acréscimo de informações

Agencia Estado,

30 de março de 2007 | 12h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.