Holandeses acusados de pedofilia são presos no Rio

Dois holandeses integrantes de uma quadrilha internacional de pedofilia foram presos neste sábado em uma operação conjunta da Polícia Federal e Ministério Público Estadual, após desembarcarem no Rio de Janeiro para encontrar um fotógrafo canadense, responsável pela elaboração de material pornográfico.As investigações começaram depois de os policiais prenderem no dia 12, em Nova Friburgo, o canadense identificado por ?Senhor T?, que passou a colaborar com a polícia. A convite de Senhor T, os dois holandeses foram ao Rio. Ambos são donos de uma empresa que exporta lingerie, onde o material fotográfico era camuflado. A quadrilha tem ramificações nos Estados Unidos, Austrália e República Theca.Os suspeitos são acusados de crime de pedofilia, exploração e exposição de material pornográfico infantil. Se condenados, a pena pode chegar a 17 anos de detenção. Para efetuar as prisões, os policiais usaram Senhor T para gravar, com autorização judicial, 11 fitas de conversas telefônicas em inglês, que comprovaram o envolvimento de todos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.