Homem acusado de seqüestros é preso em Salto

Policiais da Delegacia Anti-Seqüestro de Sorocaba, no interior de São Paulo, prenderam nesta sexta-feira, em Salto, Rogério Santana Fonseca, de 31 anos, acusado de integrar uma quadrilha de seqüestradores que agia na região. "Preá", como é conhecido, participou do seqüestro de uma estudante de 15 anos, em abril do ano passado, em Itu. A adolescente, filha de um empresário, permaneceu uma semana em poder dos seqüestradores e só foi libertada após o pagamento do resgate. Na época, a polícia não conseguiu identificar o cativeiro, mas prendeu um dos integrantes da quadrilha, conhecido como "Jurubeba". Com essa prisão, os policiais conseguiram identificar outros três integrantes do bando. "Preá" foi preso em sua casa, no bairro Jardim das Nações, periferia de Salto, e não esboçou reação. Ele tem passagens por roubo, porte ilegal de arma e suspeita-se que tenha participado de outros seqüestros. Depois de ser ouvido, "Preá" foi levado ao Centro de Detenção Provisória (CDP) de Sorocaba. Os outros dois acusados do seqüestro estão foragidos. Segundo a polícia, não há seqüestros em andamento nos 79 municípios da região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.