Homem agride mulher e se suicida

Pensando ter matado a mulher Rosalice Desidério Costa de 25 anos, após uma briga, o vendedor Antonio Balbino de Jesus, 48 anos, arrependido, suicidou-se no Centro Industrial de Aratu, na região metropolitana da capital baiana. Minutos depois, a mulher, que apenas havia desmaiado, acordou, deparando-se com o marido morto. Jesus e Rosalice tiveram uma violenta discussão por causa de ciúmes, segundo testemunhas. Ele armou-se com um pedaço de pau e passou a agredir a mulher, atingindo-a na cabeça, o que a fez perder os sentidos. Jesus ficou desesperado, imaginando que havia matado Rosalice, e resolveu acabar com a própria vida, enforcando-se numa árvore. Quando Rosalice recobrou os sentidos, avistou o marido já morto. Ela pediu ajuda aos vizinhos, que chamaram a polícia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.