"Homem-aranha" é preso em Sorocaba

Depois de escalar um sobrado, entrar num apartamento pela janela e saltar para o telhado do prédio vizinho, o ajudante Jéferson Nunes Pereira, de 18 anos, driblou os bombeiros que tentavam resgatá-lo, descendo pela parede externa da construção.Ele acabou se entregando aos policiais que cercavam o prédio, na sexta-feira, 8, em Sorocaba. A Polícia o apelidou de "homem-aranha" por causa da facilidade em escalar postes e paredes. Pereira era suspeito da prática de furtos considerados "impossíveis" na região do Jardim Simus, zona oeste da cidade, em que a ação exigia a escalada de muros altos e paredes de prédios.Desta vez, tinha entrado no apartamento da dona de casa C.A.C., de 45 anos, no terceiro pavimento do sobrado. Ela dormia com a janela aberta, confiando na segurança da altura, e acordou com alguém dentro do quarto. Ao contrário do super-herói da ficção, que usa máscaras, Pereira estava só de cuecas - tinha tirado a roupa para escalar o poste e alcançar a janela. A mulher gritou. Ele pulou para a sacada, escalou a parede e foi para o telhado.Quando a Polícia Militar chegou e cercou o prédio, ele pulou para o sobrado vizinho. Os policiais tiveram de pedir ajuda aos bombeiros. Eles usaram um caminhão equipado com plataforma e braço mecânico para alcançar o telhado. Mais rápido, o ladrão desceu pela parede, usando as janelas como apoio. Preso, foi levado para a Delegacia Participativa e autuado em flagrante por tentativa de furto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.