Homem armado liberta reféns em templo em SP

Após três horas de negociação, o assaltante, identificado apenas como Wiliam, libertou por volta das 15 horas o casal da equipe de reportagem da TV Record que era mantido refém na área externa da Igreja Universal do Reino de Deus, localizada na Avenida Celso Garcia, 499, na zona leste de São Paulo.Segundo informações da Rádio Eldorado AM, o assaltante entregou o revólver 38 e, por volta das 15h15, se encontrava no interior da igreja com os policiais. A exigência para libertar os reféns foi a presença da mãe e de um advogado, que foi providenciado pela própria TV Record, segundo a Rádio Eldorado AM.Estiveram como reféns dele o iluminador Jorge Mancini e a jornalista Maria Aparecida Santos, da TV Record, que prestam serviços para a Igreja Universal. Eles passaram cerca de três horas em poder do homem armado."Wiliam" é suspeito de participar de um assalto a uma loja de artigos religiosos na Rua Euclides da Cunha, via paralela à Avenida Celso Garcia, por volta das 12h30, onde fica o fundo igreja. Os suspeitos fugiram quando a polícia foi acionada.Ainda não há informações sobre o que teria sido roubado e quantos assaltantes participaram da ação.Equipes da Polícia Militar, do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) e do policiamento de área cercaram todo o local e bloquearam o trânsito na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.