Homem atropela e mata irmão em rodovia de São Paulo

Gil Damaso não teria visto Roberto Damaso, que caminhava pelo acostamento

Ricardo Valota, do estadao.com.br,

10 Janeiro 2010 | 23h02

O auxiliar de serviços gerais Gil Fernando Damaso, de 34 anos, atropelou e matou, por volta das 3 horas deste domingo, 10, o próprio irmão, o operador Paulo Roberto Damaso, de 44 anos, no quilômetro 145,5 da Rodovia Milton Tavares de Souza (SP-332), em Cosmópolis, região de Campinas.

 

Segundo a polícia, Gil estava ao volante de um Monza e procurava pelo irmão, que havia desaparecido. Na delegacia de Cosmópolis, foi informado ao delegado que Paulo Roberto andava pelo acostamento e invadiu a faixa de rolamento, sendo atropelado por Gil, que estava em alta velocidade e não enxergou o pedestre.

 

Ainda de acordo com a polícia, não foi feito teste de dosagem alcoólica em Gil, que foi indiciado por homicídio culposo - quando não há intenção de matar. Liberado, o autor do atropelamento responderá judicialmente em liberdade.

Mais conteúdo sobre:
campinas sao paulo atropelamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.