Homem cai de cachoeira e morre em Cajuru

O ajudante de serviços gerais Valdemar João de Barros Júnior, de 37 anos, de Ribeirão Preto, morreu na tarde de ontem ao cair da cachoeira da Mata da Graciosa, em Cajuru. Ele estava com um grupo de amigos, preparando-se para praticar o rapel. Ainda não havia prendido o equipamento de segurança na corda antes da última vistoria para a descida quando escorregou e caiu de uma altura de cerca de 70 metros. Ele atingiu as pedras, foi socorrido no hospital de Cajuru, mas não resistiu. Barros Júnior foi sepultado hoje em São Joaquim da Barra.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.