Divulgação
Divulgação

Homem de 35 anos morre em academia após treino de crossfit

Roberval Ferreira de Souza Júnior sofreu parada cardiorrespiratória depois de terminar uma série de atividades de alta intensidade

Luísa Martins, O Estado de S. Paulo

01 de março de 2016 | 12h21

BRASÍLIA - Um homem de 35 anos morreu dentro de uma academia em Brasília após um treino de crossfit, na noite de segunda-feira, 29. Ele recebeu os primeiros socorros de uma aluna médica e depois foi atendido por bombeiros, mas não resistiu a uma parada cardiorrespiratória.

O aluno Roberval Ferreira de Souza Júnior passou mal depois de terminar uma série de atividades de alta intensidade, característica principal da modalidade, na academia CrossFit Selva, próximo à entrada de Águas Claras. Em nota, a academia lamentou a morte do aluno e informou que "tomou todas as providências cabíveis para evitar o ocorrido".

A CrossFit Selva afirma que acionou três equipes de socorro: Corpo de Bombeiros, Samu e UTI Vida, "serviço particular de assistência contratado para assegurar a saúde dos alunos". Em seu site, a academia garante que a modalidade é desenvolvida "para todos os indivíduos que queiram praticar a atividade, mesmo que não tenham experiência em qualquer esporte". 

Os treinos, informou ainda a academia, "são elaborados por profissionais formados em educação física". A nota também diz que "está dando todo o suporte necessário à família da vítima e aguarda o laudo da autópsia". 

O Estado não conseguiu contato com os familiares de Roberval. A academia não vai funcionar pelo menos até a próxima segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.