Homem de 57 anos morre após ser atingido por bala perdida

Marcílio Dias, de 57 anos, morador em Matão, na região de Ribeirão Preto, morreu no final da tarde de quinta-feira, 5, depois de ser atingido por uma bala perdida. Ele foi atingido por um disparo durante uma tentativa de assalto a uma loja de autopeças, do outro lado da rua onde estava. Apesar do socorro, Dias morreu menos de três horas depois, no hospital, e foi sepultado nesta sexta. A Polícia Civil investiga o caso, mas ainda não tem suspeitos do crime. Dias estava transitando normalmente pela calçada, na Vila Maria, quando foi atingido pelo tiro. O disparo ocorreu por volta das 15h30, quando Osmar Rodrigues de Lima, de 49 anos, entrava na loja de autopeças para quitar uma dívida, em dinheiro. Segundo a Polícia Militar, dois homens estariam participando da tentativa de assalto e um deles, armado, ficou surpreso com a resistência de Lima, que não se intimidou com os criminosos e reagiu. Lima tentou lutar com os ladrões e um tiro foi disparado, mas o ladrão errou o alvo. Não acertou Lima, mas Dias, que estava na outra calçada. A bala atingiu a cabeça de Dias, que foi levado em seguida ao Hospital Carlos Fernando Malzoni, de Matão. Mas Dias não resistiu aos ferimentos e morreu. O dinheiro de Lima não foi levado pelos assaltantes, que fugiram após o disparo do revólver.

Agencia Estado,

06 Abril 2007 | 16h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.