Homem é acusado de estuprar a mãe na véspera do Natal

Aposentada denunciou filho de 25 anos à justiça por tê-la ameaçado e estuprado duas vezes no dia 24

Fabio M. Michel, do estadao.com.br

26 de dezembro de 2008 | 18h47

Uma aposentada de 60 anos denunciou o filho de 25 anos à polícia por supostamemte tê-la estuprado duas vezes na manhã da véspera de Natal na casa da família, no bairro Jardim Santo André, zona leste de São Paulo.   Segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública), a aposentada relatou que o jovem, que seria usuário de drogas, estava "alucinado", quando ela foi acordá-lo, às 6h30 da manhã da quarta-feira. Sem motivo aparente, ele a ameaçou com um punhal, obrigou-a a ir a outro quarto da casa e a despir-se para, em seguida, violentá-la.   A mãe teria tentado fugir, levando uma neta, de cinco anos, que estava na casa - não foi confirmado se a menina é filha do rapaz. Ele então, ameaçou matá-la caso denunciasse o estupro à polícia e violentou-a novamente.   Depois de abusada pela segunda vez, a aposentada finalmente conseguiu sair da casa, levando a neta. Uma vizinha levou-a ao 55º DP (Parque São Rafael) onde ela foi encaminhada aos cuidados do programa Bem me Quer, de auxílio a vítimas de violência sexual. Ela passa por exames de corpo de delito. O punhal que teria sido usado para ameaçar a aposentada não foi encontrado.   De acordo com a SSP, o homem, cuja profissão declarada no B.O. é instalador, ficará solto até que sejam concluídos os laudos.  

Tudo o que sabemos sobre:
estupronatalcrime

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.