Homem é acusado de matar esposa a golpes de machado

De acordo com a polícia, o homicídio aconteceu após uma briga entre o casal

Leonardo Werner, de O Estado de S.Paulo

20 Abril 2008 | 14h22

A dona-de-casa Maria Helena Pereira da Conceição, de 36 anos, foi encontrada morta no final da tarde de sábado, na casa onde morava, com ferimentos na cabeça, em Betim, na região metropolitana de Belo Horizonte. O principal suspeito é o marido da vítima, o ajudante de manutenção Moacir Marques da Silva, de 40 anos, ainda foragido. Um machado encontrado no local, embora sem vestígios de sangue, é apontado como a provável arma do crime. De acordo com a polícia, o homicídio aconteceu após uma briga entre o casal. Os filhos de Maria Helena teriam pedido socorro a um vizinho, preocupados com a mãe. Eles teriam relatado que Silva, padrasto das crianças, teria brigado com a vítima e a agredido. Ao chegar à residência, o vizinho encontrou a dona-de-casa no chão da cozinha, com o corpo ensangüentado e a cabeça ferida. Quando os policiais chegaram ao local, a dona-de-casa já estava morta. A polícia afirmou que, no momento da discussão, Maria Helena ameaçava deixar seu lar, levando consigo os filhos. Por esse motivo, a polícia aposta, inicialmente, em crime passional. Um irmão do suspeito afirmou que o casal vivia um bom momento e que Silva era uma pessoa tranqüila, embora estivesse com problemas com o alcoolismo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.