Homem é assassinado no bar onde parava diariamente

Enquanto aguardava que o funcionário de um bar do Jardim Esperança, no município de Mauá, na Grande São Paulo, fritasse o pastel que havia pedido, por volta de 21 horas de segunda-feira, Jairo Milanez foi surpreendido por um homem que o acertou com quatro tiros na cabeça. Jairo morreu antes que pudesse ser socorrido. A única testemunha desse crime, o balconista, contou aos policiais que diariamente a vítima parava naquele horário para comer pastéis. Afirmou que estava de costas quando ouviu quatro estampidos e, ao olhar para trás, viu apenas um homem magro com a cabeça coberta por um capuz, que teria se aproximado de Jairo. Sem nada dizer, o homem atirou e fugiu em seguida. Familiares da vítima não forneceram à polícia qualquer informação que esclareça esse homicídio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.