reprodução Google Street View
reprodução Google Street View

Homem é empurrado nos trilhos do metrô no Rio

MetrôRio informou que briga entre usuários provocou queda de um deles, neste domingo

Marcio Dolzan, O Estado de S.Paulo

01 Outubro 2018 | 13h17

RIO - Um homem foi empurrado no trilho do metrô na estação Cardeal Arcoverde, em Copacabana, na zona sul do Rio, na noite de domingo, 30 de setembro. Ele foi atingido na perna por uma das composições e encaminhado ao Hospital Miguel Couto. Seu estado de saúde não foi divulgado.

Segundo a Polícia Civil, Oriel Frinhani Badaro, 23 anos, foi preso em flagrante por crime de lesão corporal de natureza grave. Segundo a 12ª DP, a motivação foi uma briga por causa da fila no metrô - a plataforma estava lotada em função do fim da Parada do Orgulho LGBTI, ocorrida em Copacabana. Os agentes vão requisitar imagens para análise, e testemunhas já foram ouvidas na delegacia.

Em nota, o MetrôRio informou que, por volta das 22h20, "uma briga envolvendo clientes provocou a queda de um deles na via". Segundo a concessionária, as estações Cardeal Arcoverde, Siqueira Campos e Cantagalo - todas em Copacabana - foram fechadas e não reabriram até o fim da operação. O MetrôRio informou ainda que "lamenta o incidente e está à disposição das autoridades policiais". 

Todas as estações foram abertas normalmente nesta segunda-feira. O Estado ainda não conseguiu contato com a defesa do acusado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.