Homem é morto por pit bull em Minas

Lei aprovada no Estado prevê multa de R$ 5 mil para donos de animais que causarem lesões graves

Eduardo Kattah, O Estadao de S.Paulo

25 Setembro 2007 | 00h00

Um morador de rua foi morto na madrugada de anteontem ao ser atacado por um de cão da raça pit bull, em Belo Horizonte. Conforme a Polícia Militar, Jovenir Marcos de Araújo, de 52 anos, foi surpreendido pelo animal quando caminhava pelo Bairro Bom Retiro. A vítima chegou a ser socorrida e levada para Hospital Regional de Betim, mas não resistiu aos ferimentos, principalmente no pescoço e tórax. O dono do cão, Jeferson Ferreira do Carmo, de 27, prestou depoimento e foi liberado em seguida. Carmo alegou que o pit bull havia fugido.Ele deverá ser multado em R$ 5 mil, conforme prevê lei publicada no Diário Oficial de Minas, no início deste mês. A nova lei estabelece a multa para donos de cães responsáveis por causar lesão corporal grave. Se a vítima morrer em decorrência do ataque, o proprietário pode, ainda, responder por sanções penais, inclusive homicídio culposo ou doloso. Recentemente a prefeitura da capital mineira iniciou um processo de cadastramento e implantação de microchips sob a pele de cães ferozes. OUTRO ATAQUE Em São Paulo, uma menina de 9 anos foi atacada por um pit bull no bairro Cidade Tiradentes, na zona leste. De acordo com o Corpo de Bombeiros, que enviou uma equipe ao local, o ataque aconteceu por volta das 15 horas e a vítima foi encaminhada o Hospital Glória com ferimentos na perna. A menina já recebeu alta e passa bem. O caso foi registrado no 45º Distrito Policial.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.