Homem é preso acusado de vender apartamentos da CDHU

Claudilei Matowiski, de 38 anos, foi preso acusado de fazer parte de uma quadrilha que vendia apartamentos da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo. Segundo o Bom Dia SP, da Rede Globo, apesar de ter sido reconhecido por vítimas da fraude, ele negou qualquer envolvimento no golpe e foi indiciado por estelionato. As vítimas pagavam entre R$ 600 e R$ 2.000 e recebiam documentos falsos de compra do imóvel.

Agencia Estado,

07 de maio de 2004 | 09h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.