Homem é preso ao receber 6 kg de crack pelo correio, em Natal-RN

Destinatário tem antecedentes criminais por tráfico de drogas e roubo e foi preso em flagrante

Solange Spigliatti, do estadão.com.br

10 de junho de 2010 | 08h24

 

SÃO PAULO - Cerca de seis quilos de crack foram apreendidos e um homem foi preso em flagrante em uma agência dos Correios, no bairro de Santos Reis, em Natal, no Rio Grande do Norte, quando recebia uma encomenda, na tarde desta quarta-feira, 9.

 

Segundo a Polícia Federal, um auxiliar de serviços gerais, de 30 anos, foi detido por tráfico de drogas, por volta das 16 horas, depois que funcionários da Central de Encomendas dos Correios pediram apoio da PF ao notarem que uma encomenda vinda de Brasiléia, no Acre, embora estivesse lacrada, exalava um cheiro de "óleo queimado".

 

A Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) deslocou uma equipe para investigar o caso e descobriu que o nome do destinatário era de uma pessoa com antecedentes criminais por tráfico de drogas e roubo.

 

A PF acompanhou a sua entrega e tão logo o objeto foi recebido pelo suspeito, os agentes fizeram a sua abordagem. Surpreendido pela ação, o homem admitiu que estava recebendo uma quantidade de crack. Em formato de uma "panela", a droga estava enrolada em fitas plásticas e havia recebido uma camada externa de graxa, provavelmente para "disfarçar" o cheiro.

 

Em depoimento, o homem confessou que foi morar em Natal temporariamente com a única finalidade de receber a droga, enviada por um suposto boliviano.

 

Texto atualizado às 10h05.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.