Homem é preso com 25 fardas do Bope, no Rio

Polícia investiga se são falsificações idênticas ou foram desviados

Tiago Rogero, estadão.com.br

21 Julho 2011 | 09h57

RIO - Um homem foi preso na noite de quarta-feira com fardas do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), após perseguição policial, em Manguinhos, na zona norte do Rio. Foram apreendidos 25 fardamentos completos - coturno, calça e gandola -, que contavam com os brasões da unidade. A polícia investiga se são falsificações idênticas ou foram desviados.

 

Segundo o comandante do 22º BPM (Maré), tenente-coronel Gláucio Moreira, uma blitz foi montada na Rua Uranos, em Bonsucesso, na zona norte do Rio. Os policiais fizeram sinal para que o motorista da Kombi parasse, mas ele furou o bloqueio. Houve perseguição por cerca de 10 minutos. Os policiais atiraram nos pneus do veículo, que bateu em um poste.

 

Romário Sandy Luiz, de 19 anos, foi preso em Manguinhos. Ele estava desarmado e contou aos policiais que era morador da Vila Cruzeiro, na Penha, e teria sido obrigado por traficantes a transportar as fardas até a favela do Mandela, em Manguinhos.

 

O suspeito foi indiciado por associação para o tráfico e receptação. Romário, que já possui passagem pela polícia por roubo, foi encaminhado à 37ª DP (Ilha do Governador), que investiga o caso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.