Homem é preso com submetralhadora e fuzis de madeira no Rio

Operação da polícia provocou tiroteiro do Morro da Providência, sem deixar feridos; suspeito estava com drogas

Pedro Dantas, O Estado de S.Paulo

09 Fevereiro 2009 | 19h17

Uma operação da Polícia Civil para estourar um paiol de armas no morro da Providência, no centro do Rio, terminou com a prisão de um homem flagrado com uma submetralhadora e com a apreensão de sete réplicas de fuzis em madeira, munição, quatro bombas caseiras, um tablete de maconha e pequena quantidade de cocaína.   Veja também: PCC já negocia e lucra com tráfico para facções do Rio       Cerca de 30 homens da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) e da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) participaram da incursão. Na chegada das equipes ao morro houve uma rápida troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. A Associação de Moradores do Morro da Providência afirmou que um dos trabalhadores da obra Cimento Social, retomada há menos de um mês, foi agredido pelos agentes, mas ninguém registrou queixa contra os policiais.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.