Homem é preso em Cumbica com 5 quilos de cocaína

A Polícia Federal prendeu na tarde desta quarta-feira no aeroporto de internacional de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, um passageiro que transportava cocaína no fundo falso de duas malas. Segundo a PF, a droga, que fora entregue ao preso em Campinas, era de origem libanesa e o seu destino era a Jordânia. A cocaína, de peso bruto 5.395 gramas, estava separada em 32 volumes retangulares presos com fita adesiva e cobertos com carbonos. Na segunda-feira, dois sacos com um total de 7,2 quilos de cocaína, enrolados em camisetas pretas, foram encontrados no aeroporto e entregues por funcionários da limpeza a policiais civis da delegacia de plantão do aeroporto. O primeiro havia sido abandonado na lixeira do banheiro feminino do desembarque 2 da Asa C e outro no lixo do fraldário da mesma ala. No domingo, policiais federais prenderam em flagrante duas mulheres que tentavam embarcar com cocaína em um vôo com destino a Paris. Elas foram abordadas pelo policiais por demonstrarem nervosismo. Uma delas transportava 230 gramas de cocaína embrulhados em um preservativo, escondido dentro de sua vagina. Com a dupla, os policiais também apreenderam R$ 1.300,00 e 1.000 euros. Elas responderão pelo crime de tráfico internacional de drogas e permanecem presas na Superintendência da PF, na zona oeste da capital.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.