Homem é preso suspeito de mandar matar o pai e outros três no Rio

Polícia civil investigava a morte de uma das vítimas quando descobriu os outros assassinatos

Priscila Trindade, do estadão.com.br

21 de julho de 2010 | 15h21

SÃO PAULO - Antônio Fernando da Silva, atual proprietário do restaurante Rei do Bacalhau, na Ilha do Governador, no Rio, foi preso na manhã desta quarta-feira, 21, suspeito de matar quatro pessoas desde 2007.

 

De acordo com a Polícia Civil, Silva contratou um matador para assassinar seu pai adotivo de 75 anos para receber o seguro de vida dele avaliado em R$ 2 milhões. Após o crime, o matador passou a extorquir Silva, ameaçando contar o que sabia à polícia caso não recebesse mais dinheiro.

 

Silva então contratou outro matador para assassinar o responsável pela morte de seu pai. Depois, ele mandou matar seu pai de santo que sabia de todos os crimes. Um gerente do restaurante também foi morto após constatar que Silva desviava dinheiro do estabelecimento. O funcionário do local disse que iria denunciá-lo pelos desfalques. O gerente foi morto no início deste ano.

 

Silva foi preso dentro de sua casa, também na Ilha do Governador, e levado ao 16º Distrito Policial, na Barra da Tijuca, na zona oeste do Rio. A polícia civil investigava a morte do gerente quando descobriu os outros assassinatos.

Tudo o que sabemos sobre:
Riohomicídios

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.