Homem fingia ser estagiário de Medicina para abusar de mulheres, em Cuiabá

Prisão de suspeito aconteceu quando uma das mulheres abusadas contou ao marido o ocorrido

Gheisa Lessa - Central de Notícias,

26 Abril 2012 | 12h33

São Paulo, 26 - Um homem foi preso em flagrante na tarde da última quarta-feira, 25, acusado de fingir ser um profissional da saúde e abusar sexualmente das mulheres residentes nos bairros 1º de Março e João Bosco Pinheiro, na zona norte de Cuiabá, Mato Grosso.

A Polícia Civil do Estado afirma que José Sérgio de Moura Leite Vieira Junior, de 31 anos e conhecido como "Serginho", se dizia ser estagiário do curso de Medicina da Universidade Federal do Mato Grosso para entrar nas casas das vítimas.

O homem usava o pretexto de que a família havia sido contemplada com exames médicos e entrava nas residências. A Polícia Civil afirma que, até o momento, foram registrados 4 denúncias contra o suspeito.

A prisão de "Serginho" aconteceu quando uma das mulheres abusadas contou ao marido o ocorrido e o marido, por sua vez, realizou a denúncia. O suspeito foi encontrado por agentes da Polícia Militar andando pelas ruas do bairro e detido em flagrante.

Segundo registro, José Sérgio de Moura Leite Vieira Junior é morador do bairro Santa Amália, em Cuiabá, e atua como corretor de imóveis autônomo. As investigações serão conduzidas pela Delegacia da Mulher de Cuiabá.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.