Homem joga armas para dentro do Carandiru

Policiais militares prenderam, no final da noite, um homem que arremessou armas para o pátio da Penitenciária do Estado, da Casa de Detenção do Carandiru. Édson Aparecido Antunes, de 27 anos, foi surpreendido após jogar três pistolas carregadas para dentro do complexo. Por volta das 23h30, o diretor da penitenciária foi informado por PMs de que um homem, da Avenida Zachi Narchi, jogava algo em direção ao campo de futebol da detenção. Vários agentes de segurança foram acionados e localizaram duas pistolas, calibres 380 e 765, próximo ao posto seis de observação. Uma terceira arma, também calibre 380, foi encontrada já no corredor entre as celas.O delegado que registrou o caso no 9º Distrito Policial, Paulo Novaes Gaeta, afirmou que, a princípio, o acusado negou, mas acabou admitindo ter arremessado as armas. A versão de Edson é de que um homem o abordou em uma lanchonete e ofereceu R$ 100 para que ele jogasse o pacote no presídio. Contudo, ele não soube explicar onde estaria esse dinheiro e nem quem seria essa pessoa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.