Homem mantém duas pessoas reféns em clínica veterinária

Um homem mantém duas pessoas reféns em uma clínica veterinária na cidade de Presidente Epitácio, no extremo oeste do Estado de São Paulo, desde as 18h de ontem. Francisco Josioni da Costa, de 53 anos, entrou no local armado e rendeu a proprietária, Tânia Minhares, de 46 anos, e o pai dela, Jácomo Minhares, de 74 anos. A refém é prima da ex-mulher de Francisco, que a culpa pela separação. Segundo moradores, Francisco não trabalhava e era sustentado pela esposa, uma funcionária pública federal. Os reféns conseguiram avisar, por telefone, a família, que acionou a polícia. Uma equipe de policiais do Grupo de Ações Táticas Especiais da Polícia Militar está no local desde a madrugada negociando com o seqüestrador. Francisco exige duas pistolas carregadas, a presença de sua ex-mulher e US$ 16,5 mil para libertar os reféns. Ele falou ainda que poderia trocá-los por dois delegados e um juiz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.