Homem mantém mulher e amante reféns na zona leste de SP

O comerciante Gilberto Gomes de Lima, de 42 anos, mantém, há mais de onze horas, a mulher e a amante reféns em um cômodo de um casa próxima à Cohab Inácio Monteiro, em Cidade Tiradentes, zona leste de São Paulo. De acordo com informações da Secretaria de Segurança Pública (SSP), Lima estaria armado com um revólver calibre 38.Segundo a polícia, as mulheres mantidas reféns desde a 0h30 desta sexta-feira, 27, seriam a amante do comerciante, identificada como Andréia, que estaria grávida de dois meses, e a esposa dele, Gilvanete. De acordo com a SSP, a amante teria ido à residência de Lima na noite de quinta-feira, 26, onde foi iniciada uma discussão após a chegada do marido de Andréia que teria ido buscá-la no local. Neste momento, Lima deu um tiro pra cima. Depois disso, o marido de Andréia saiu do local e Lima levou as duas mulheres pra dentro da casa. Mais tiros foram disparados após a chegada dos policiais.Policiais militares da 3ª Companhia do 28º Batalhão auxiliado pelo Grupo de Ações Táticas e Especiais (Gate), que chegou ao local por volta das 3 horas, permaneciam em frente à residência às 11 horas, mas tinham dificuldades para negociar com o comerciante que compra e revende móveis usados na região. Ele exigia a presença do marido da amante para pedir desculpas e quase não falava ao telefone. Cerca de 200 curiosos tentavam se aproximar do local. (Colaboraram Solange Spigliatti e Cinthia Rodrigues)Matéria atualizada às 11h55

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.