Homem mata ex-namorada e se suicida no interior de SP

O vendedor Domingos da Silva Tibúrcio, 42 anos, matou a ex-namorada Alessandra Olters, 25 anos, a tiros e depois se suicidou no município de Irapuã, a 447 quilômetros a noroeste de São Paulo, na região de São José do Rio Preto, na noite de domingo, 29. O crime aconteceu na principal praça da cidade, assustando muitas pessoas que passeavam no local.A garota se recusava em reatar o namoro, desfeito há aproximadamente 10 dias, porque ela teria visto o namorado com outra mulher. Neste domingo, Tibúrcio, que morava na cidade vizinha de Urupês, foi até Irapuã tentar reatar o namoro. Os dois foram conversar na praça em frente da pensão onde Alessandra morava. Revoltado com a moça que insistia em não reatar o relacionamento, Tibúrcio usou um revólver calibre 38 para dar três tiros nela, dois acertaram a cabeça. Em seguida, o vendedor mirou para a própria testa e disparou.O crime foi presenciado por moradores que passeavam na praça ou conversavam sobre as eleições nas proximidades. "Nunca vi isso. Jamais imaginava que uma coisa dessas pudesse acontecer aqui nesta cidadezinha", comentou o aposentado Sebastião Oliveira. Havia dois anos, que Irapuã não registrava um homicídio; crime de assassinato seguido de suicídio foi o primeiro na história.O corpo de Alessandra foi levado para a cidade de Pato Branco, no Paraná, onde moram seus familiares. Já o vendedor foi sepultado nesta segunda-feira, 30, em Urupês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.