AO VIVO

Acompanhe notícias do coronavírus em tempo real

Homem morre afogado dentro de casa no RS

Temporais em diversas regiões do Rio Grande do Sul deixaram um saldo de um homem morto, pelo menos oito famílias desabrigadas, 30 telhados danificados e 22 mil pessoas sem energia elétrica nesta terça-feira. Em Uruguaiana, na fronteira do Brasil com a Argentina, o aposentado Áureo Almeida Gamba, de 55 anos, morreu durante uma enxurrada no início da tarde. Ele desmaiou quando a água entrou em sua casa e acabou se afogando.A queda de granizo, rajadas de vento de até cem quilômetros por hora e algumas horas de chuva intensa, durante a manhã, alagaram diversas ruas de Rio Grande e destelharam cinco casas em Pelotas, na zona sul do Estado. À tarde, temporais semelhantes ocorreram nas Missões, no oeste do Rio Grande do Sul, danificando pelo menos 30 telhados em São Luiz Gonzaga, Santa Rosa e Santo Ângelo, onde três famílias ficaram desabrigadas. Na mesma região, cerca de 22 mil residências ficaram sem energia elétrica no final da tarde e início da noite.O 8º Distrito de Meteorologia prevê mais um dia de chuva e trovoadas no Rio Grande do Sul, com vento fraco a moderado e rajadas ocasionais, nesta quarta-feira. O tempo melhora no fim do dia no oeste e no centro do Estado. A possibilidade de chuva persiste para o nordeste na quinta-feira, para o norte e o oeste na sexta-feira, e para todo o Estado no sábado.

Agencia Estado,

12 de outubro de 2004 | 19h45

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.