Homem morre durante nova incursão da polícia na Rocinha

Um dia após uma manifestação pela paz promovida por moradores da Favela da Rocinha, no Rio de Janeiro, moradores denunciam uma nova ação desordenada da Polícia Militar. Por volta das 4 horas da madrugada desta terça-feira um confronto entre homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) e traficantes resultou na morte de um homem de 25 anos. A vítima seria um pedreiro. Um traficante foi preso durante a ação. Ontem, a moradora Célia Rodrigues de Moura morreu durante um confronto entre polícia e traficantes na mesma favela. Ela será enterrada hoje, no cemitério de São João Batista, na zona Norte da cidade, informou a a Rádio CBN.Segundo o presidente da Associação de Moradores da Rocinha, William de Oliveira, os policiais lançaram bombas de efeito moral e atiraram a esmo. Muitos moradores não saíram das casas para trabalhar ou estudar esta manhã por medo de novos confrontos na favela.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.