Homem preso por porte ilegal de arma. Atirou nos testículos

David Walker, um inglês de 28 anos, que acidentalmente atirou nos próprios testículos, depois de beber 15 canecas de cerveja e tentar guardar o revólver por dentro das calças, foi mandado para cadeia por cinco anos, hoje, por porte ilegal de armas.Walker foi submetido a uma cirurgia de emergência, logo após o acidente de 6 de março, em Dinnington, norte da Inglaterra. Ainda está em exames para descobrir se o tiro poderá afetar sua fertilidade e futuros relacionamentos sexuais, segundo seu advogado, Gulzar Syed.?Ele ainda sente muita dor?, Syed disse ao tribunal de Sheffield, acrescentado que ainda há fragmentos nos testículos de seu cliente.Walker admitiu a acusação de posse de arma de fogo proibida, numa audiência prévia.O promotor Andrew Hatton contou ao tribunal que Wlaker foi à sua casa buscar a arma, depois de discutir, num pub, com um amigo de infância, Stuart Simpson, sobre de quem seria a vez de pagar a cerveja. Quando voltou ao bar, que àquela hora já estava fechado, atirou acidentalmente em si mesmo.Wlaker confessou que estava tão bêbado que não tinha idéia de como se arrumara para atirar na virilha e por que foi buscar o revólver.O juiz Robert Moore disse que, de acordo com legislação recente em relação a armas proibidas, teria de impor a sentença mínima estatutária de cinco anos de prisão.?Atirar em si mesmo é claramente uma circunstância excepcional, que é capaz de reduzir a pena?, explicou Moore. ?Mas, neste caso, estou absolutamente certo de que não se justifica reduzi-la.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.