Homem que seqüestrou sobrinha é preso em Campinas

André de Lima, tio da menina de quatro anos seqüestrada em Campinas na última segunda-feira, foi preso hoje por investigadores da Delegacia Especializada Anti-Seqüestros (Deas) de Campinas. Ele foi localizado pelos policiais na casa de parentes, no Jardim Campos Elíseos, hoje, por volta das 11h15. Lima é acusado de ter organizado e comandado o seqüestro. A menina foi levada por um homem armado quando chegava à escola onde estuda, no início da tarde de segunda-feira. O primeiro contato com a família foi feito três horas depois. Na quarta-feira, os bandidos ficaram em silêncio e, na quinta, acertaram o pagamento do resgate, que não chegou a ser feito. Os policiais conseguiram localizar um dos seqüestradores, na quinta-feira, e estouraram o cativeiro onde a criança era mantida refém, em Hortolândia. Cinco pessoas foram presas, mas o tio permanecia foragido. Segundo os investigadores, ele é acusado de outros crimes. Lima foi levado para a Deas hoje no final da manhã, para prestar depoimento. Ele permanecerá detido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.