Homem rende quatro pessoas para cobrar dívida no DF

Beijamiro Emídio de Jesus, de 42 anos, se entregou à polícia após mais de 10 horas de sequestro

Fabio Michel, do estadao.com.br,

21 Fevereiro 2009 | 14h29

Terminou sem vítimas, no início da tarde deste sábado, 21, o caso do homem que invadiu uma residência de Samambaia, no Distrito Federal, e fez quatro pessoas reféns - entre elas uma mulher de 60 anos. Segundo a PM do Distrito Federal, Bejamiro Emídio de Jesus, de 40 anos, bebia em um bar de Samambaia quando julgou que faltavam R$ 42 em sua carteira. Decidido a reaver a quantia, às 3h20 da madrugada deste sábado, 21, ele invadiu a residência, onde moram algumas das pessoas que estavam com ele no bar, para cobrar a devolução do dinheiro.   A gritaria chamou a atenção dos vizinhos, que chamaram a polícia e o local foi cercado - a operação, segundo a PM, contou com 112 soldados, 15 viaturas do Batalhão dê Operações Especiais (BOPE), atiradores de elite, dois negociadores, um gerente de crise, além de cães farejadores.   O invasor fez quatro pessoas reféns. Por volta das 4h da manhã, ele libertou dois: um rapaz de 19 anos e um homem de 33. Às 10h, um adolescente de 15 também foi libertado. Sem ter feito nenhuma exigência, por volta das 13h Bejamiro saiu da casa acompanhado da mulher refém, carregando nas mãos três facas. Ele ainda ameaçou a mulher com uma das facas, mas foi detido pelos policiais e preso.   Segundo uma irmã do invasor, que ajudou nas negociações, ele já cumpriu pena por homicídio e roubo, além de ser usuário de drogas. A PM informa que Bejamiro responde a quatro inquéritos, inclusive um por homicídio. O sequestrador possui ainda prontuário no Hospital Pronto Atendimento Psiquiátrico (HPAP).

Mais conteúdo sobre:
violência Brasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.