Homem tenta atirar cinco vezes contra PMs, arma falha e é baleado

Márcio Pinto, de 26 anos, disse que pegaria o documento na mochila mas sacou uma pistola 9mm; policiais reagiram

Clarissa Thomé, O Estado de S. Paulo

25 de abril de 2014 | 11h37

RIO - Um homem foi baleado ao tentar atirar na direção de policiais da Operação Lapa Presente, no Centro do Rio, na noite desta quinta-feira, 24. Márcio Pinto, de 26 anos, e o comparsa dele, Édson da Conceição Ferreira, de 19, foram presos. Eles foram abordados na Rua do Lavradio, às 22 horas. Pinto disse que pegaria o documento na mochila, mas sacou uma pistola 9mm. Ele atirou em direção à cabeça dos PMs, mas a arma falhou. O criminoso ainda tentou outras quatro vezes. Os policiais reagiram, e balearam o criminoso, que já tinha anotações por roubo e porte ilegal de arma.

Com os dois, os policiais apreenderam cocaína, maconha, cheirinho da loló e R$ 318 em dinheiro. De acordo com a polícia, eles integram a quadrilha que controla bocas de fumo na Vila Aliança, zona oeste, e entregariam a droga para "esticas", traficantes que comercializam o entorpecente no asfalto.

A Operação Lapa Presente teve início em janeiro, para reforçar a segurança na região do Rio Antigo, que concentra bares e casas noturnas. As equipes atuam com rádios de comunicação, câmeras, braçadeiras luminosas para facilitar a identificação em meio aos frequentadores, e são monitoradas por GPS, para haver melhor distribuição dos agentes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.