Homem tenta embarcar com órgãos humanos em Congonhas

A Polícia Federal encontrou três caixas de isopor com órgãos humanos, como cérebro, rins e coração, no saguão do Aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, na quarta-feira, 18. Segundo a PF, a caixa foi abandonada por um homem que se identificou como o médico Paulo Almeida. Ele iria embarcar para Porto Velho, em Rondônia, mas na hora de preencher a ficha para despachar as caixas, teria ficado nervoso, saído da fila e abandonado as caixas, segundo informações do jornal Fala Brasil, da TV Record. Apesar do comportamento estranho, ele não foi impedido de embarcar. A polícia investiga agora se ele realmente é médico e como ele conseguiu os órgãos.

Agencia Estado,

19 Abril 2007 | 09h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.