Homem vai ser indenizado devido a sujeira na Ponte Rio-Niterói

Motociclista caiu e sofreu ferimentos após derrapar por causa de sabão espalhado na pista em maio de 2007

Central de Notícias,

24 Agosto 2009 | 15h07

A concessionária que administra a Ponte Rio-Niterói foi condenada a pagar indenização, a título de danos morais, no valor de R$ 15 mil à vítima de um acidente causado por produto químico na pista. A decisão é da 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio.

 

A vítima, Gustavo Marques Villas Boas informou que, no dia 23 de maio de 2007, por volta das 7 horas, transitava em sua motocicleta pela ponte no sentido Rio de Janeiro quando derrapou e caiu, sofrendo vários ferimentos. De acordo com o autor, o acidente foi causado pelo derramamento de grande quantidade de um sabão gel concentrado que teria vazado de outro veículo na pista por volta das 4h30.

 

Para o relator do processo, desembargador Mário dos Santos Paulo, "no que tange ao dano moral, a verba indenizatória merece confirmação, atendendo aos princípios da razoabilidade e da proporcionalidade, assim como ao caráter punitivo-pedagógico".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.