Homens furtam sete pitbulls em sede de ONG no RJ

A Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (Suipa) foi alvo de um furto inusitado. Na madrugada desta segunda-feira, 12, cinco homens, munidos de escada e talhadeira, abriram um buraco no muro da instituição, em Benfica, na zona norte, e roubaram sete cães da raça Pitbull. A presidente da Suipa, Izabel Cristina Nascimento, ofereceu R$ 1 mil do próprio bolso pelos animais. No fim da tarde, todos foram devolvidos. Estavam na Favela do Jacarezinho, vizinha à instituição. Os funcionários acreditam que os ladrões obedeceram ordens dos traficantes, que não gostaram da movimentação da imprensa na localidade e mandaram soltar os cachorros.Os assaltantes tiveram trabalho na empreitada. Invadiram um canteiro de obras da prefeitura e renderam o vigia, Carlos Rubem Leite. Usaram a escada para alcançar o segundo andar da Suipa e abriram um buraco de cerca de quatro metros quadrados. Chegaram ao box em que estava Boi, um pitbull de 47 quilos. Depois de Boi, outros seis foram capturados - mais três machos, entre eles Hulk, e três fêmeas.Participação de funcionários"Eles levaram no mínimo duas horas para abrir o buraco. E sabiam que ali estavam os pitbulls, por isso não descartamos a participação de funcionários ou ex-funcionários da Suipa no roubo", comentou Izabel Cristina. A presidente da entidade acredita que os animais seriam usados em rinhas. "Eles são esterelizados assim que chegam à instituição e não servem para reprodução. Também recebem implantes de microchips. Não poderiam ser comercializados porque, se víssemos o cão na rua e desconfiássemos, teríamos a prova ao passar o leitor do microchip".Durante o dia, a Suipa chegou a receber informações falsas a respeito dos animais. Uma pitbull fêmea, grávida, foi abandonada próximo ao Shopping Nova América. "O rapaz que nos avisou queria a recompensa, mas só pagaríamos se todos fossem devolvidos". À tarde, quatro meninos, moradores do Jacarezinho, chegaram à instituição, levando Boi. Eles informaram que os animais estavam soltos na favela.A equipe da Suipa conseguiu resgatar três deles. Os outros três foram entregues por moradores, por volta das 17 horas. Os quatro garotos vão dividir a recompensa.A Suipa é uma instituição privada, fundada há 64 anos, que se mantém com doações. Oito mil animais ocupam uma área de 3 mil metros quadrados . Cento e cinqüenta funcionários, entre veterinários, enfermeiros, se revezam para tratar dos bichos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.