Homens são agredidos por mulheres em Ribeirão

Afrontar mulheres em Ribeirão Preto, nos últimos dias, foi um péssimo negócio para os homens. Elas reagiram e defenderam-se com pauladas ou espancamento em grupo. Um dos homens morreu após vários dias de internação.O primeiro incidente ocorreu na madrugada do último sábado, quando Edmílson Soares de Albuquerque, de 40 anos, tentou invadir uma casa, no bairro Ribeirão Verde. Ele gritava que iria matar alguém ali, mas a dona da casa não conhecia o nome mencionado, nem o agressor. Albuquerque chutou a porta, que caiu com o impacto. Embriagado, ele também caiu. A mulher, assustada, pegou um pedaço de pau e desferiu-o na cabeça de Albuquerque. Ele foi levado para a Unidade de Emergência do Hospital das Clínicas e, na noite de quarta-feira, não resistiu e morreu.Na noite de quinta-feira, outro homem foi encontrado espancado em um matagal no Jardim Salgado Filho. Cícero Roberto Batista Alves, de 22 anos, que já passagem pela polícia por furto, tinha vários ferimentos pelo corpo e foi levado à Santa Casa, mas passa bem. Depois do socorro, testemunhas afirmaram que Alves havia tentado estuprar um mulher no bairro, em defesa, várias mulheres o espancaram.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.