Homicídios no carnaval de Pernambuco aumentam 29,7%

Estado registrou 83 assassinatos - 18 deles no Recife; apenas uma morte, segundo a Defesa Social, ocorreu próximo a focos de folia

Angela Lacerda , O Estado de S. Paulo

19 de fevereiro de 2015 | 20h44

RECIFE - Pernambuco registrou 83 homicídios no carnaval, o que representou um aumento de 29,7% em relação ao carnaval de 2014, quando ocorreram 64 assassinatos no Estado. Do total, 18 ocorreram no Recife, um aumento de 80% em relação a 2014, quando foram contabilizados 10.

O secretário estadual de Defesa Social, Alessandro Carvalho, afirmou, na tarde desta quinta-feira, 19, depois da divulgação do balanço da violência, que apenas um homicídio foi registrado nas proximidades dos focos de folia. Foi na segunda-feira, 16, no terminal de ônibus do bairro recifense de Dois Unidos, por causa de uma briga motivada por tráfico de drogas. O aumento dos homicídios segue tendência que vem sendo registrada desde novembro do ano passado no Estado.

Já em relação aos crimes violentos contra o patrimônio - basicamente roubos - houve redução de 1.054 para 883 ocorrências. No Recife, foram 321 ocorrências, redução de 30,8% em relação a 2014.

Acidentes. Os acidentes de veículos ocorridos em rodovias que cortam Pernambuco, também aumentaram. No total foram 115, com seis mortes e 82 feridos, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF-PE), contra 113 acidentes com quatro mortes e 45 feridos, no carnaval do ano passado. A maioria deles ocorreu nas estradas das regiões agreste e sertão.

Tudo o que sabemos sobre:
RecifePernambucoCarnaval

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.