Horário de verão começa à meia-noite de sábado

Mais uma vez será preciso adiantar os relógios em uma hora a partir da meia-noite de sábado ou à zero hora de domingo. É o início do horário de verão, que termina à meia-noite de 14 de fevereiro, um sábado. A mundaça atinge os Estados das Regiões Sul e Sudeste do País, além do Mato Grosso do Sul. Mato Grosso e Tocantins, Regiões Norte e Nordeste (incluindo a Bahia, que nos outros anos aderiu ao horário especial) vão manter os relógios no horário normal.A adoção do horário de verão é muito mais para garantir o abastecimento de energia elétrica do que para promover economia. Segundo a ministra de Minas e Energia, Dilma Roussef, a medida reduz o consumo no País em apenas 0,5%. Técnicos da Secretaria de Energia e Recursos Hídricos do Estado de São Paulo lembram que no verão os dias são mais longos, com 14 horas de luz natural. Ao adiantar o relógio em uma hora se evita ligar a iluminação pública quando as indústrias estão funcionando. Assim, o consumo no horário de pico - das 17h30 às 20h30 - é reduzido e se evita o risco de corte no fornecimento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.