Horário de verão terá data fixa para começar e acabar

O governo decidiu transformar em regra a adoção anual do horário de verão. No decreto publicado ontem no Diário Oficial da União, que define o período de vigência neste ano, o governo determinou que o horário de verão começará sempre no terceiro domingo do mês de outubro e terminará no terceiro domingo de fevereiro. O horário de verão vem sendo adotado no Brasil há vários anos, mas, para isso, o governo tem de editar anualmente um decreto, definindo o período de vigência. Com a nova determinação, será possível saber quando será a mudança de horário nos próximos anos. Com isso, segundo o Ministério de Minas e Energia, o governo pretende facilitar o planejamento das empresas, que têm de promover mudanças para se adaptar ao novo horário.O decreto faz uma ressalva para a regra: quando o domingo previsto para o término do horário de verão coincidir com o carnaval, a mudança ocorrerá no domingo seguinte. Neste ano, o horário de verão será entre os dias 19 de outubro e 15 de fevereiro nos Estados de Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. A redução no consumo ocorre principalmente porque, durante a vigência do horário de verão, a iluminação pública começa a ser utilizada mais tarde. Segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS), a redução no consumo das 17h30 às 20h30 foi de 4,2% em 2008 no subsistema Sudeste-Centro-Oeste e de 4,8%, no Subsistema Sul. O País economizou 1.557 megawatts no Sudeste-Centro-Oeste.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.