Hospital de Curitiba suspende atendimento

A direção do Hospital de Clinicas de Curitiba, o maior do Estado, divulgou nota nesta quarta-feira, afirmando que o atendimento externo será interrompido a partir desta quinta-feira.Segundo a nota, a decisão do ministro da Educação, Paulo Renato Souza, de não pagar os salários de setembro para os servidores técnico-administrativos do hospital gerou revolta entre aqueles que mantiveram o HC funcionando durante os 67 dias de greve.?A conseqüência dessa situação é a impossibilidade de mantermos, com a segurança adequada, o atendimento aos pacientes externos?, diz a nota, assinada pelo diretor geral do hospital, Luiz Carlos Sobania.Será mantido apenas o atendimento aos 340 pacientes internados. O fechamento do hospital a novos pacientes será mantido até que a situação do pagamento seja solucionada.Sobania também comunicou a decisão da direção ao juiz Guy Marcuzzo, da 2ª Vara Cível de Curitiba, que tinha concedido liminar proibindo a greve dos servidores.

Agencia Estado,

03 de outubro de 2001 | 19h23

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.