Hospital é suspeito de surto de meningite

A morte do bebê D.M., de um mês, com suspeita de meningite meningocócica, provocou pânico no Hospital Salgado Filho, no Méier, na zona norte, no início da madrugada de hoje. Funcionários, que não quiseram se identificar, informaram que mais dois recém-nascidos, um de dois e outro de quatro meses, além de uma criança de três anos, também morreram neste final de semana. Desesperadas com os boatos sobre um surto da doença, mães de recém-nascidos tiraram seus filhos da enfermaria pediátrica e foram para o estacionamento do local. Há suspeita de uma infecção hospitalar generalizada no setor de Pediatria.A mãe de F. A. S., de quatro meses, Cláudia Maciel, contou que seu filho começou a passar mal às 15h. Apesar dos apelos de socorro a enfermeiras e médicos, segundo ela, ninguém a atendeu. Às 21h, D.M. foi amamentado com uma mamadeira do Hospital. "Uma hora depois ele estava gelado, mole e cheio de manchinhas roxas", afirmou transtornada. "Você matou seu filho com a mamadeira", foi a resposta dada pelo médico, de acordo com Cláudia. No atestado de óbito, a causa mortis do bebê é descrita como desconhecida. "Eles quiseram me culpar pela morte de meu filho."A direção do hospital não se manifestou e proibiu os funcionários de darem qualquer tipo de informação sobre o episódio, até o final da manhã. Segundo dois médicos, que não quiseram se identificar, mais cinco crianças morreram nesta semana, sendo duas com suspeitas de meningite. O novo secretário municipal de Saúde , deputado federal Ronaldo Cezar Coelho (PSDB), reuniu-se emergencialmente com direção do Hospital Salgado Filho. O superintendente de saúde do Estado, Oscar Berro, descartou a possibilidade de duas das quatro crianças terem morrido por causa de meningite. Ele informou que foram coletados soros, água e mamadeiras para serem examinados no Laboratório Noel Nutels. A previsão é a de que os resultados sejam conhecidos em até 72h.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.