Hospital indenizará paciente por laqueadura

O Hospital Jaraguá foi condenado nesta quinta-feira pelo juiz Luiz Eurico Costa Ferrari, da 3ª Vara Cível de São Paulo, a pagar indenização à paciente E.M.O. de R$ 800 mil, por danos morais decorrente de violação de intimidade.A paciente, em junho de 1995, foi submetida a uma cesariana, quando nasceu seu terceiro filho. No dia seguinte, ao ser apresentada a conta, soube que, sem seu consentimento, fora submetida a uma laqueadura, que é irreversível.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.