Hotéis de Sérgio Naya serão leiloados na quinta-feira

A 7ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça doRio manteve para quinta-feira, às 16 horas, no fórum, o leilão dos hotéis Saint Peter e Saint Paul, localizados em Brasília e pertencentes aoex-deputado Sérgio Naya. O leilão, determinado pela 4.ª Vara Empresarial, fora suspenso por liminar concedida na semana passada pelodesembargador Carlos Lavigne, depois que advogados de Naya alegaram que um dos co-proprietários de um dos hotéis não tinha sido notificado do leilão. Os advogados das vítimas garantiram que a notícia foi publicada em jornais de circulação nacional. Naya pode recorrer. Lavigne ressaltou que se a notificação não tiver sido feita o leilãopoderá ser suspenso. O dinheiro será usado paraindenizar 86 famílias que moravam no edifício Palace II, que desabou em1998, matando oito pessoas. O valor das indenizações, segundo aJustiça, é de R$ 49,6 milhões. Os bens de Naya, indisponíveis desde odesastre, estão avaliados em R$ 1 bilhão.Um dos advogados das vítimas, Eduardo Lutz, afirmou, porém, que asindenizações podem chegar a R$ 70 milhões, pois há processos ainda emandamento na Justiça. Ele disse que, no total, são 118 as famíliasatingidas. ?Se houver necessidade, podemos requerer a penhora de outrosbens, como o quadriplex de Naya em Brasília ou uma de suas fazendas?. Se ninguém comprar os hotéis, um novo leilão serárealizado no dia 31.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.