Hotel de luxo reformado é entregue a 152 famílias em SP

Um antigo hotel de luxo abandonado no centro de São Paulo foi integralmente reformado e entregue nesta quarta-feira, 20, para moradia de 152 famílias de baixa renda. Rebatizado agora como Edifício São Paulo, o prédio foi custeado pelo Programa de Arrendamento Familiar (PAR) do Ministério das Cidades, que é realizado em parceria com os governos estaduais e municipais. O edifício, construído na década de 1940, abrigou por 40 anos o Hotel São Paulo. Abandonado, foi ocupado em 1999 por famílias sem-teto participantes de grupos sociais organizados que lutam por moradia na região central. O imóvel foi desapropriado na gestão de Marta Suplicy (PT) e a prefeitura, em parceria com a Caixa e o Ministério das Cidades, iniciou o processo para reforma e habitação. O imóvel de 21 andares foi recuperado e reformado a um custo de R$ 4,6 milhões. Parte das famílias foi indicada pela Companhia Metropolitana da Habitação de São Paulo (Cohab-SP) e parte pelo Fórum dos Cortiços. As obras também incluíram a criação de uma área de lazer comunitária. O PAR é um programa destinado a famílias com renda mensal de até R$ 2 mil, com pagamento de taxa de arrendamento durante 15 anos, com opção de compra ao final do contrato. No caso do Edifício São Paulo, a taxa de arrendamento equivale a 0,7% do valor de cada apartamento, que em média ficou em R$ 30,7%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.