Humorista Mução é transferido para presídio em Recife

Radialista foi preso sob suspeita de integrar rede internacional de pedofilia

Angela Lacerda, estadão.com.br

29 Junho 2012 | 13h39

RECIFE - Preso ontem (28) em Fortaleza, acusado de integrar uma rede internacional de pedofilia, o radialista e humorista Rodrigo Vieira Emerenciano, o Mução, 35 anos, foi transferido na manhã de hoje (29) para o Recife. Como ele morava na capital pernambucana na época das investigações, a ordem de prisão foi da Polícia Federal em Pernambuco.

De acordo com a assessoria de imprensa da PF-PE, o radialista chegou às 8h20, foi ouvido na superintendência da Polícia Federal e depois se submeteu a exames de rotina no Instituto de Medicina Legal (IML), antes de seguir para o presídio Cotel, no município metropolitano de Abreu e Lima.

A prisão temporária de Mução é de cinco dias, podendo ser prorrogada. Ele alega inocência. O radialista foi preso na Operação Dirtynet, da Polícia Federal, que desarticulou uma rede internacional de compartilhamento de pornografia infantil na internet com atuação em 34 países.

Mais conteúdo sobre:
pedofilia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.