Ibope: 88% aprovam ação contra criminosos no Rio

A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 29 de novembro, entrevistando por telefone mil pessoas maiores de 16 anos, residentes em todo o Estado do Rio

Luciana Fadon Vicente - Central de Notícias,

02 de dezembro de 2010 | 12h30

SÃO PAULO - Os moradores do Rio de Janeiro aprovam as medidas tomadas contra os criminosos, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Opinião Pública e Estatística (Ibope) divulgada nesta quinta-feira, 2. A pesquisa foi realizada entre os dias 27 e 29 de novembro, entrevistando por telefone mil pessoas maiores de 16 anos, residentes em todo o Estado do Rio. A margem de erro é de 3 pontos percentuais.

 

O resultado aponta que 88% das pessoas aprovam as ações tomadas na última semana, sendo que 49% apoiam totalmente, 7% não aprovam e nem desaprovam e 3% desaprovam. Sobre o resultado da operação e que tipo de lugar o Rio de Janeiro se tornaria após seu fim, 70% disseram que será um lugar mais seguro, 17% falaram que não fará diferença e 6% disseram que o Rio ficará menos seguro.

 

Segurança. Perguntados sobre a sensação de segurança com as ações realizadas, 41% responderam sentir-se seguros, enquanto 30% apontaram o contrário. Outros 26% apontaram que não se sentem nem seguros e nem inseguros. Entre os entrevistados, 72% disseram sentir-se otimistas com o desfecho do conflito, dos quais 20% dize estar completamente otimistas. Outros 16% se dizem nem otimistas e nem pessimistas e 10% se sentem pessimistas.

 

Quanto à imagem do Rio de Janeiro no exterior após as operações, 69% responderam que a imagem da cidade será melhor que antes, sendo que 22% apontam que a imagem ficará muito melhor, enquanto 15% acreditam numa piora da imagem e 11% acham que as ações não farão diferença neste ponto.

 

Os entrevistados também foram questionados sobre a dificuldade de mobilidade que tiveram durante as operações, a capacitação da polícia durante o episódio, a importância das forças armadas e do governo federal, além da possibilidade de prejudicar a realização da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016. A maioria dos entrevistados manteve uma postura otimista em todas as perguntas

Tudo o que sabemos sobre:
IbopeRio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.