Ibope e Datafolha registram mais pesquisas no TSE

Os institutos Ibope e Datafolha registraram mais duas pesquisas de intenção de voto para o segundo turno das eleições presidenciais no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com dados atualizados nesta quarta-feira no site do tribunal, os institutos encaminharam os protocolos de registros ao TSE na segunda-feira.Segundo a Lei Eleitoral, os institutos são obrigados a fazer o registro da sondagem de opinião no TSE no prazo de até cinco dias antes da divulgação dos resultados, o que indica que os levantamentos poderão ser divulgados a partir do sábado (28).O Ibope informou ao TSE que pretende entrevistar 8.680 brasileiros entre a sexta-feira (27) e o sábado, mesmo período de realização da pesquisa do Datafolha, que deverá entrevistar 12.820 pessoas.A pesquisa do Ibope foi registrada com o número 23498/2006 e encomendada pela Globo Comunicação e Participações (TV Globo). Já o levantamento do Datafolha foi registrado com o número 23522/2006 e foi encomendado em conjunto pela empresa Folha da Manhã, que edita o jornal Folha de S. Paulo, e pela Globo.As duas pesquisas se juntam às já previstas para divulgação nesta semana. Além do levantamento de terça-feira do Datafolha, que apontou aumento da vantagem do presidente e candidato à reeleição pelo PT, Luiz Inácio Lula da Silva, sobre o presidenciável da coligação PSDB-PFL, Geraldo Alckmin (PSDB), de 19 para 21 pontos (58% a 37%), são aguardadas pesquisas dos institutos Sensus (registro 23029/2006), Vox Populi (23301/2006) e Ibope (23351/2006).A pesquisa do Vox Populi, contratada pela Editora Confiança, que publica a revista Carta Capital, entrevistou 2 mil pessoas do País entre a segunda e a terça-feira, mas, por conta da circulação da revista começar na sexta-feira, deverá ser divulgada somente os dias 26 e 27.O levantamento do Ibope, foi contratado pela TV Globo e está entrevistando 3.010 pessoas de diferentes Estados desde a segunda até amanhã, data provável da divulgação.No decorrer da semana, também deverão ser registrados no TSE, para divulgação no domingo, após o horário de votação do País, as tradicionais pesquisas de boca-de-urna.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.