Ibope: Lula vence no 1º turno com 46%, Alckmin cai para 21%

Pesquisa Ibope/Rede Globo divulgada nesta quinta-feira, 10, apontou o presidente Luís Inácio Lula da Silva como favorito à reeleição, com 46% das intenções de voto. Em relação à mesma pesquisa realizada no fim de julho, ele abriu vantagem em relação a seu concorrente do PSDB, Geraldo Alckmin, que aparece com 21%. Heloísa Helena, do PSOL, segue em terceiro na corrida presidencial com 12% das intenções.Registrada no TSE sob o número 12672/2006, a pesquisa também simulou um segundo turno entre Lula e Alckmin. Novamente o petista tem larga vantagem, com 51% contra 33% de intenções de voto do tucano. Os votos brancos e nulos totalizaram 09%. Os eleitores que ainda se mostraram indecisos somam 10%.Segundo a pesquisa, 41% dos entrevistados consideram o governo como ótimo/bom; 35% julgaram a administração como regular; 22% entendem que o governo Lula é ruim/péssimo.Foram ouvidas 2002 pessoas entre segunda-feira e esta quinta, 10.Números anterioresNa pesquisa Ibope/Rede Globo divulgada em 26 de julho, Lula apresentava 44% de intenções de voto, contra 27% do candidato tucano. Heloísa Helena tinha 8% das intenções.Também nesta quinta-feira, a pesquisa Carta Capital/Vox Populi apontou o presidente Lula com 45% das intenções de voto; Alckmin, com 24%; Heloísa Helena, com 11%, vêm em seguida. Lula seria reeleito no primeiro turno.Nesta semana, duas pesquisas divulgadas na terça-feira, 08, apontaram para o aumento da diferença entre o candidato à reeleição e Geraldo Alckmin. Pela CNT/Sensus, Lula liderava a corrida presidencial com 47,9% das intenções de voto. Geraldo Alckmin se distanciou, com 19,7%. Heloísa Helena subiu para 9,3%.Já pelo Datafolha, embora a diferença apresentada tenha sido menor, Lula ainda assim se distanciou do candidato tucano, mantendo-se à frente com 47% das intenções contra 24% de Alckmin. Heloísa Helena, segundo o instituto, tinha 12% das intenções de voto.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.