Idosas de São Vicente posam para calendário

A aposentada Cleide da Silva Caldas diz que já fez de tudo no Centro de Convivência (Cecon) da Terceira Idade que há oito anos freqüenta em São Vicente, na Baixada Santista. Entre as atividades, ela cita artesanato, dança do ventre e terapia psicológica. No entanto, o que nunca imaginou é que, aos 70 anos, fosse se tornar modelo: Cleide é uma das onze senhoras que foram fotografadas em diferentes pontos turísticos da cidade para um calendário lançado nesta terça-feira, 13, pela Secretaria de Cidadania e Ação Social.O projeto nasceu no ano passado, quando a gerontologista Cristina Camargo de Almeida estagiava no Cecon Alegria de Viver, no bairro Vila Melo. Inspirada pelo filme inglês "Garotas do Calendário" - protagonizado em 2003 por Helen Mirren (que levou o último Oscar de melhor atriz com "A Rainha") - Cristina tentou produzir algo parecido para tentar melhorar a auto-estima das idosas. Já no cinema, o objetivo era angariar fundos para um hospital. Outra diferença entre os dois calendários é que em São Vicente, as modelos escolheram suas melhores roupas para as fotos, enquanto as atrizes foram clicadas nuas, apenas com objetos da vida doméstica tampando as partes íntimas.Concurso internoMas nem a nudez impediria Cleide de participar do projeto. "Se fosse aquele nu artístico, assim com a mão tampando (ela cruza os braços sob os seios) eu toparia. Todo mundo tem o que eu tenho, umas mais novas, outras mais bonitas. Mas toda mulher tem", assume a idosa. Corajosa, Cleide até se empolgou com a idéia de saltar de asa delta do alto do morro do Voturuá, onde foi fotografada. "Eu fiquei com vontade de saltar, um dia eu ainda volto lá e pulo", completa.Aos 81 anos, Palmira Ferreira do Carmo, não tem tanta coragem: foi fotografada no seguro ambiente do horto municipal e descarta a possibilidade de ser fotografada sem roupas. Porém, a mais velha das modelos, esbanja entusiasmo e satisfação com o trabalho. "Quando eu soube que havia sido escolhida, foi a minha maior alegria. Eu não esperava e até chorei", relata.As onze modelos foram escolhidas em um concurso interno no Cecon, que contou com a participação de 23 senhoras e um senhor. "De todos, todos deveriam ser escolhidos, mas infelizmente não dá", remedia Cristina, que comemora os frutos do projeto. Isso porque, em 2008, a Prefeitura de São Vicente pretende aplicar a idéia nos seis centros de convivência da cidade, e fazer um calendário bem mais completo, com uma foto por página."Essa foi uma semente do projeto que pretendemos levar para todos os centros. Se Deus quiser entra no nosso calendário, o calendário das garotas", afirma a Secretária de Cidadania e Ação Social, Márcia Garcia. Este ano, foram impressos 500 calendários que serão distribuídos para funcionários dos centros de convivência e familiares dos idosos. O projeto piloto "Garotas do Calendário" custou cerca de R$ 1.500,00 para a prefeitura.

Agencia Estado,

13 de março de 2007 | 18h25

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.